10/03/2010

III Festival Ibero-americano de Teatro traz peças de doze países, a partir do dia 8, com entrada franca. Foto: Denise Fraga em "A alma boa de Setsuan"


A terceira edição do Festival Ibero-americano de Teatro de São Paulo, organizado pela Fundação Memorial da América Latina, começa em 8 de março e vai até o dia 14. Todos os 15 espetáculos principais têm entrada franca. Participam do Festibero montagens teatrais de Cuba, Portugal, Espanha, Brasil, Argentina, Peru, Uruguai, Colômbia e México. A mostra paralela - também gratuita - resgata os tempos áureos do circo-teatro. Ela se dará em uma lona montada ao lado do anfiteatro principal, onde o Circo de Teatro Tubinho diariamente apresentará uma peça diferente. Estão programadas mesas de debates e uma esperada oficina de dramaturgia, coordenada pelo mestre Chico de Assis. E uma homenagem ao dramaturgo Plínio Marcos, nos 10 anos da sua morte, com tarde de autógrafo do livro "Bendito Maldito-uma biografia de Plínio Marcos", de Oswaldo Mendes.


O Festibero foi criado em 2008 por iniciativa de Fernando Leça, presidente do Memorial, para identificar, estimular e colocar em contato iniciativas teatrais contemporâneas da grande nação latina. Idealizado, organizado e coordenado por Fernando Calvozo, diretor de atividades culturais do Memorial, este ano, a Comissão Curatorial do III Festibero foi encorpada com alguns nomes importantes do teatro brasileiro. Dela fazem parte a diretora teatral Elvira Gentil e os atores Paulo Betti e Lima Duarte. O Festival conta também com a assessoria da uruguaia Glória Levy, que desde Montevidéu ajuda a escolher os grupos teatrais da região do Mercosul, do português José Leitão e do produtor paulista Walter Malta.

A programação traz os seguintes espetáculos:

8 de março - segunda-feira - Brasil
20h30 - abertura oficial - auditório Simón Bolívar - sala 1
21h00 - Monólogo "O Ator", de Chico Assis, com Lima Duarte, São Paulo, Brasil - aud. Simón Bolívar - sala 1
21h30 - "A Alma Boa de Setsuan", de Bertolt Brecht, direção de Marco Antonio Braz, com Denise Fraga, Brasil - aud. Simón Bolívar - sala 1


9 de março - terça-feira - Uruguai e Argentina
19h00 - "Rodando", de Alejandro Acobino e Germán Rodríguez, Cia. Rodando Teatro, Buenos Aires, Argentina - aud. Simón Bolívar - sala 2
21h00 - "Los Padres Terribles", de Jean Cocteua, direção Alberto Zimberg, Montevideo, Uruguai - aud. Simón Bolívar - sala 1


10 de março - quarta-feira - Peru e Brasil
19h00 "As viúvas", de Arthur de Azevedo, Grupo Tapa, Brasil - aud. Simón Bolívar - sala 2
21h00 "La importancia del abrazo", Cia. Komilfó Teatro, Lima, Peru - aud. Simón Bolívar - sala 1


11 de março, quinta-feira - México e Colômbia

18h00 "Tom Pain", de Will Eno, Entre Piernas Produciones, Cidade do México, México, Praça da Sombra/Circo Tubinho
19h00 "Tu Ternura Molotov", de Gustavo Ott, Cia. Fundacion Teatro Nacional, Bogotá, Colômbia - Auditório Simón Bolívar - sala 2
21h00 "A Tempestade e os Mistérios da Ilha", de Shakespeare, Santa Estação Cia. de Teatro, Porto Alegre, Brasil - Auditório Simón Bolívar - sala 1


12 de março - sexta-feira - Cuba e Brasil
19h00 "Sonho de uma noite de verão", de Shakespeare, Grupo Rotunda, Campinas, Brasil - Auditório Símón Bolívar - sala 2
21h00 "Final de Partida", de Samuel Beckett, Cia. Argos Teatro, Havana, Cuba - Auditório Simón Bolívar - sala 1


13 de março - sábado - Espanha e Brasil
17h00 Dez anos sem Plínio Marcos - Homenagem - tarde de autógrafo do livro "Bendito Maldito-uma biografia de Plínio Marcos", de Oswaldo Mendes.
18h00 "Balada de um Palhaço", de Plínio Marques, Cia. Arte & Fatos, Goiás, Brasil - Praça da Sombra/Circo do Tubinho
19h00 "As Troianas Vozes da Guerra", inspirada em Eurípedes, Cia. Núcleo Experimental, São Paulo, Brasil - Auditório Simón Bolívar
21h00 "Gris Mate", Inãki Rikarte, Cia. Katu Beltz, Países Bascos, Espanha - Auditório Simón Bolívar


Mostra paralela: Clássicos do circo-teatro, às 18h

9 de março - terça-feira
"A canção de Bernadete" - Cia. Circo Teatro Tubinho - SP - Brasil

10 de março - quarta-feira
"O Ébrio" - Cia Circo Teatro Tubinho - SP - Brasil

12 de março - sexta
"Marcelino Pão e Vinho" - Cia Circo Teatro Tubinho - SP - Brasil

14 de março - domingo
"Tubinho Baita Macho" - Cia Circo Teatro Tubinho - SP - Brasil

Atividades paralelas:

Mesas de Debates
Mesa 1 : quinta-feira, 11 de março, às 16 h, Sala dos Espelhos
Tema: As escolas de teatro melhoram o nível dos atores da nova geração?
Debatedores: Lígia Cortez, atriz e diretora teatral
Zé Carlos Andrade, professor
Rodolfo Garcia Vasques, diretor teatral

Convidado internacional:
Pilar Nunes, presidente da Rede Latino Americana de Produtores Culturais Independentes, de Lima, Peru.
Mediador: Lucia Capuani, professora e diretora teatral

Mesa 2: sexta-feira, 12 de março, às 16h, Sala dos Espelhos
Tema: As tendências da nova dramaturgia
Debatedores:
Chico de Assis, mestre em dramaturgia
Ênio Gonçalves, ator, autor e diretor teatral
Samir Yazbek, dramaturgo
Convidado internacional:
Raul Sansica - diretor do Festival de Teatro de Córdoba - Argentina
Mediadora: Analy Alvarez, presidente da Apetesp e diretora teatral

Mesa 3: sábado, 13 de março, às 16h, Sala dos Espelhos
Tema: Viabilidade das produções alternativas
Debatedores:
Alexandre Mate, professor
Efren Colombani, produtor cultural
Atílio Bari, ator e diretor teatral
Convidado internacional:
José Leitão, diretor teatral e coordenador do Festival Fazer a Festa, Porto, Portugal
Mediadora: Elvira Gentil


Oficina de Dramaturgia com Chico de Assis:
Sábado, 13 de março, das 12h30 àsa 15h30
Informações e inscrições: 3823.4787 (festiberoteatro@gmail.com)


Serviço:
Fundação Memorial da América Latina/Auditório Simón Bolívar
Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 Barra Funda
Fone 11 3823.4600
ENTRADA FRANCA
Obs.: retirar ingresso na bilheteria do auditório a partir das 13h.

Fonte

Guilherme de Souza

Postar um comentário