28/05/2009

POEMA :CONTOS DA VIDA

Por: Erika Paulino

40% da população implora por uma noite bem dormida. Pois é: acredite-se quiser, faço parte desta parcela. Sabe aquelas noite que você vira pra um lado e pro outro e nada do sono chega? [E horrível! E quando acorda vê que já amanheceu o dia e mais uma noite que poderia ter sido agradável, se foi.

E o seu dia então nem se fala! Fica parecendo que você andou trocando a noite pelo dia; pior de tudo é que você tem que fazer fica sem nexo, sem inspiração...
É assim que me encontro hoje e por isso a unica saída que encontrei foi postar um poema antigaço que encontrei no meio de minha bagunça. Ele é meu.

Contra o vento
caminhávamos juntos
sem medo da injustiça
sem medo de errar

Fomos longe
onde nunca ninguém chegou
mas nos enganamos
ao pensar

Que poderíamos seguir
com a espada em nossos corações
mas isso foi o que nos fez...

Hoje somos o
alcool e o fogo
hoje somos a
luz e a escuridão

Hoje somos os
pecadores banhado em sangue
hoje somos aqueles que morreu
ao viver da solidão

Hoje somos aqueles
que surgiu entre as cinzas
para contar nossa história
nossa união

Entre as desgraças que nos aconteceu
uma delas me marcou
quando encontrei seu corpo,atravessado a uma âncora

Mas isso é o que nos fez nos tornar
o que somos...

Hoje somos
o ódio e o perdão
hoje somos
o ectasy e a clinica de reabilitação
hoje somos a dor e o amor da fúria de um coração
hoje somos aqueles,
aqueles que um dia foi atingido
por uma bala perdida
pela a mentira da vida

Somos aqueles que nos encontramos ao fogo
para derretermos nossos corações de aço

Somos aqueles,
sim
somos aqueles
apesar de tudo
somos aqueles...

Que presenciou segundos de dor
e morreu de amor.
Postar um comentário