25/09/2009

Bob Burnquist inaugura a pista da Oi MEGARAMPA 2009

Atletas visitaram o Sambódromo do Anhembi e o brasileiro foi o único a experimentar a descida.

São Paulo (SP) - Boa parte dos atletas que participarão da Oi MEGARAMPA 2009 esteve, na tarde de quarta-feira, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, para ter o primeiro contato com a pista de 105 metros de extensão e 27 metros de altura – equivalente a um prédio de nove andares – que eles enfrentarão sábado e domingo, durante a Oi MEGARAMPA 2009. Marcarão presença na passarela do samba paulistano os skatistas brasileiros Bob Burnquist, Edgar "Vovô” Pereira, Lincoln Ueda, o australiano Jake Brown e os norte-americanos Adam Taylor e Elliot Sloan, além do biker Anthony Napolitan, também dos Estados Unidos.

Bob Burnquist

Todos se mostraram satisfeitos com a rampa montada pela equipe do arquiteto brasileiro George Rotatori. "Deu para sentir que a pista está bem veloz”, afirmou Bob Burnquist, vencedor da primeira edição da Oi MEGARAMPA, no ano passado, que inaugurou a pista na tarde desta quarta-feira, mesmo com a superfície úmida por causa das chuvas na capital paulista.

"A rampa parece rápida e divertida”, opinou Jake Brown, vice-campeão em 2008, mesmo sem treinar. Ele preferiu dar o primeiro drope (descida) só na tarde desta quinta-feira, após a coletiva de imprensa, que ocorre às 10 horas, no Sambódromo do Anhembi. "Preferi ficar estudando as monobras que vai dar para fazer durante a competição.”


"Como a pista não está muito diferente em relação ao ano passado, acredito que o nível técnico da disputa vai ser bem mais elevado”, avaliou Edgar "Vovô” Pereira. "A rampa é muito boa e apta para que tente aqui o ‘double back flip’ (dois mortais de costas seguidos)”, avisou o biker Anthony Napolitan, que acertou esta monobra extrema, que se pensava ser impossível de ser realizada, há cerca de um mês, em uma competição nos Estados Unidos.

Elliot Sloan, que está no Brasil pela primeira vez, disse estar ansioso para competir na Oi MEGARAMPA 2009. "Estou na expectativa de conhecer a vibração do público brasileiro, que meus amigos de skate dizem ser a torcida mais animada do mundo. Espero que o tempo ajude, para que possamos ver as arquibancadas lotadas”, declarou o norte-americano.

Guilherme de Souza
Postar um comentário